O TJ-RJ publicou ontem, 5, no Diário Oficial, a decisão que homologa a recuperação judicial da Oi. Com isso, passaram a valer os prazos estabelecidos no plano. Os credores com mais de R$ 50 mil a receber deverão escolher entre as opções de pagamento previstas até 26 de fevereiro.

Após o prazo final de escolha, a Oi irá compilar a lista de bondholders que fizeram escolhas de pagamento válidas a relação de bonds a que se relacionam. Depois disso, ainda sem data prevista, a Oi iniciará os pagamentos aos bondholders qualificados, já prevendo a troca de parte da dívida por novos bonds. Os não qualificados (com menos de R$ 50 mil), conforme os critérios da operadora, vão receber apenas um pagamento.

O prazo diz respeito a detentores de títulos emitidos pelas empresas do grupo Oi que fazem parte da recuperação judicial: Oi, PTIF e Oi Coop.