IPTV vai gerar US$ 3,9 bi até 2013 na América Latina


O crescimento da IPTV na América Latina deverá passar por um momento mais forte a partir de 2009,  e na região as receitas com o serviço deverão superar os US$ 3,9 bilhões até 2013, apontou a consultoria Signals Telecom.  O estudo destaca que o mercado de telefonia fixa nos maiores mercados da América Latina tem …

O crescimento da IPTV na América Latina deverá passar por um momento mais forte a partir de 2009,  e na região as receitas com o serviço deverão superar os US$ 3,9 bilhões até 2013, apontou a consultoria Signals Telecom.  O estudo destaca que o mercado de telefonia fixa nos maiores mercados da América Latina tem altos níveis de penetração doméstica (entre 61,47% e 81,08%) e estão concentrados principalmente nas grandes operadoras.

Segundo o levantamento, o desgaste do mercado de telefonia fixa forçou essas operadoras a adotarem uma diversificação de rendimentos mais agressiva para aumentar a fidelização dos clientes. “A incorporação da TV paga nos pacotes de serviços é proposital para crescer a lealdade do usuário de telecomunicações (telefonia e, mais importante, acesso por banda larga)”, diz Carlos Blanco, autor do relatório.

O relatório indica que, nos próximos cinco anos, mais que US$ 12,6 bilhões serão investidos em IPTV.  “Para as operadoras de telefonia fixa, a oferta de serviços de TV paga não irá trazer um retorno de investimento no curto prazo. Isso irá acontecer apenas por meio de uma combinação de rendimentos gerados pela TV paga, economias derivadas de baixas taxas de churn e a redução de investimentos feitos na aquisição de um novo cliente”, explica Blanco. (Da Redação)

Anterior Beltrame assume nova função na Atos Origin
Próximos Argentina deve adotar padrão de TV digital igual ao brasileiro