IPTV. Ou melhor, TV interativa.


Florianópolis – Se todos concordam que a IPTV vai quebrar inúmeros paradigmas da indústria de comunicações, e que a TV sobre o protocolo IP deve ser entendida como TV interativa, então, o portal YouTube, com seu estrondoso sucesso porque nele se assiste a filmes caseiros, pode ser considerado o precurssor dessa nova televisão? Para Guilherme …

Florianópolis – Se todos concordam que a IPTV vai quebrar inúmeros paradigmas da indústria de comunicações, e que a TV sobre o protocolo IP deve ser entendida como TV interativa, então, o portal YouTube, com seu estrondoso sucesso porque nele se assiste a filmes caseiros, pode ser considerado o precurssor dessa nova televisão?

Para Guilherme Funken, da Juniper, definitivamente, não, já que ele não gera valor para qualquer player desse novo mundo. Para Tarcisio Ribeiro, da Tellabs, a resposta para esta pergunta vai depender do que se vislumbra para o futuro.

César Taurion, da IBM, entende, no entanto, que tem que se pensar em uma nova forma de prestação de serviço. Já para Raul de Freitas, da ZTE, é importante levar em consideração que a IPTV poderá baratear o acesso ao conteúdo. Renato Pazotto, da Nortel, ressaltou que a IPTV será melhor entendida quando unificar a customização com a mobilidade.

( Da Redação )

Anterior Telemig e Amazônia Celular compram sistema de ativação Evolving
Próximos Controlador da Telemar quer aprovação de lei das agências reguladoras