iPhones podem ser banidos da Alemanha


Um tribunal alemão acatou pedido da Qualcomm e proibiu a Apple de vender aparelhos no país, informa a agência de notícias Reuters. A fabricante de chips alega que a empresa da maçã violou patentes ao utilizar um componente sem autorização. A decisão não terá efeito imediato, havendo tempo para apelação.

No que depender da Qualcomm, a Apple terá de deixar vender seus produtos em muitos outros países. A venda do iPhone já está proibida na China, em função de determinações semelhante de um tribunal local. No caso, a violação se referia ao software. A Apple correu para atualizar o sistema operacional iOS na última semana, mas a Qualcomm segue acusando-a e alega que as mudanças resultantes da atualização não contemplam a ordem judicial.

A Qualcomm também levou a questão aos tribunais dos Estados Unidos, onde também quer proibição das vendas dos dispositivos. Já a Apple contra-ataca, e abriu processo contra a Qualcomm, exigindo reparações de US$ 1 bilhão nos EUA, de US$ 145 milhões na China e no Reino Unido. (Com agências internacionais)

Anterior TCU vê falha da Suframa para comprovar investimentos em P&D de empresas da ZFM
Próximos Pharol vai participar da capitalização da Oi, e vê PLC 79 como única saída

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *