Investimentos da Telefônica serão 20% maiores no Brasil, apesar da crise.


O grupo Telefônica irá ampliar em 20% os investimentos no Brasil em relação aos R$ 2 bilhões aplicados no ano passado, informou hoje seu presidente, Antonio Carlos Valente. Com esses recursos, a empresa manterá a expansão de sua rede de fibra óptica em todo o estado de São Paulo (hoje, a rede chega a 400 …

O grupo Telefônica irá ampliar em 20% os investimentos no Brasil em relação aos R$ 2 bilhões aplicados no ano passado, informou hoje seu presidente, Antonio Carlos Valente. Com esses recursos, a empresa manterá a expansão de sua rede de fibra óptica em todo o estado de São Paulo (hoje, a rede chega a 400 mil residências), ampliará a oferta de serviços convergentes para estar cada vez mais presente na casa dos brasileiros. “Nossa opção é pelo cliente residencial e corporativo”, afirmou .

Segundo Valente, as telecomunicações não estão imunes à crise econômica, mas são menos afetadas do que os demais setores econômicos. Acredita que o Brasil sentirá menor impacto da crise do que os demais países latino-americanos e europeus, mas defende a redução dos impostos sobre o setor e do recolhimento aos fundos setoriais (Fust, Funttel e Fistel) como medidas necessárias para ampliar a atividade econômica. Ele assinala que na Europa e Estados Unidos três linhas de ação estão sendo implementadas pelos governos como saída para a crise: a recuperação do sistema financeiro, o uso de fontes de energia renováveis e o desenvolvimento da economia digital. Para ele, o fortalecimento da economia digital brasileira  também deve uma das metas governamentais. 

O executivo reconhece que as reivindicações do setor de telecomunicações não são bem-recebidas no seio do governo e da sociedade e por isso, afirmou, a Telebrasil, entidade que congrega operadores e fabricantes,pretende fazer uma campanha de esclarecimento junto aos três poderes – Executivo, Legislativo e Judiciário sobre a contribuição das telecomunicações para a economia brasileira.

Anterior TV paga da Embratel chega a Sergipe e Piauí
Próximos Valente quer PL 29 aprovado antes de Anatel mudar regras de TV a cabo