Intel e Motorola em bilionária empreitada “WiMAX”


As duas empresas, segundo noticiário internacional, despejaram US$ 900 milhões no provedor wireless em banda larga Clearwire, o mais recente empreendimento de Craig McCaw. Desse valor, US$ 600 milhões foram desembolsados pela Intel Capital, o resto pela Motorola e pela Motorola Ventures. De quebra, a Motorola está comprando a fabricante de equipamentos sem fio NextNet …

As duas empresas, segundo noticiário internacional, despejaram US$ 900 milhões no provedor wireless em banda larga Clearwire, o mais recente empreendimento de Craig McCaw. Desse valor, US$ 600 milhões foram desembolsados pela Intel Capital, o resto pela Motorola e pela Motorola Ventures. De quebra, a Motorola está comprando a fabricante de equipamentos sem fio NextNet Wireless, subsidiária da Clearwire, por valor não anunciado. Todos esses investimentos se destinam a financiar o desenvolvimento e implementação do chamado “WiMAX móvel”.

Em função dessa aquisição, a NextNet será o fornecedor da Clearwire, que planeja construir uma rede wireless nacional, baseada no que está chamando de “WiMAX móvel”. Segundo notícia divulgada pela Clearwire, o seu “WiMAX móvel” será uma evolução do padrão IEEE 802.16e – 2005. Entretanto, apontam especialistas, o fato é que nem a NextNet ou a Clearwire nunca construíram ou ofereceram qualquer coisa que atendesse às especificações do WiMAX Fórum. Esse grupo, cujo primeiro membro foi a Intel, define como produtos WiMAX aqueles que atendem às especificações do ETSI Hiper-MAN, uma implementação do IEEE 8902.14e-2004.

Mundo ideal

A NextNet se justifica, argumentando que produz equipamentos “pré-WiMAX”, termo largamente usado por várias empresas para descrever praticamente qualquer produto wireless de banda larga que estejam vendendo. Quanto à Motorola, tem a linha Canopy, sistema wireless fixo de banda larga de tecnologia proprietária, bastante utilizado, e que concorre diretamente com tudo o que é certificado pelo WiMAX Fórum, e com outras implementações proprietárias, como as da NextNet. Lembre-se que, no passado, a Motorola afirmava que tinha pouco interesse na tecnologia fixa defendida pelo WiMAX Fórum e pela Intel, e que tinha interesse na móvel.

O ideal dessa tecnologia móvel, como imaginada pela Clearwire e pela Intel, é um mundo onde a primeira construiria uma rede WiMAX móvel de costa a costa dos EUA, enquanto a fabricante de chips embutiria a tecnologia na sua plataforma de notebook “Centrino Mobile Technology”, que atualmente é baseada em Wi-Fi.

(Da Redação com agências internacionais)

Anterior Em reunião com Lula, PMDB apresenta uma longa lista para cargos.
Próximos A AOL em busca de saídas