Inmarsat e Alcatel-Lucent vão construir rede de aviação na Europa


A Inmarsat  firmou uma parceria tecnológica com a Alcatel-Lucent  para o desenvolvimento de uma nova rede de telecomunicações totalmente integrada para oferecer serviços de banda larga de alta velocidade a passageiros de aviação comercial e executiva na União Europeia. A rede exclusiva coloca a Europa na vanguarda da conectividade da aviação e deve entrar em …

A Inmarsat  firmou uma parceria tecnológica com a Alcatel-Lucent  para o desenvolvimento de uma nova rede de telecomunicações totalmente integrada para oferecer serviços de banda larga de alta velocidade a passageiros de aviação comercial e executiva na União Europeia. A rede exclusiva coloca a Europa na vanguarda da conectividade da aviação e deve entrar em operação comercial até o final de 2016.

Essa será a primeira rede de aviação verdadeiramente híbrida no mundo, formada por um satélite banda S (Europasat), construído pela Thales Alenia Space, e uma rede terrestre europeia banda S. Além da rede integrada baseada na tecnologia LTE, a Inmarsat oferecerá as companhias aéreas o serviço de conexão banda com velocidade de até 75 Mbps,. Segundo a empresa, esta capacidade é bem maior do que o de  seu  concorrente, os sistemas norte-americanos ATG.

A Alcatel-Lucent e a Inmarsat trabalharão em conjunto para desenvolver a infraestrutura terrestre da nova rede por toda a Europa. A Alcatel-Lucent tem  expertise no desenvolvimento de tecnologia ar-terra baseada em 4G/LTE e foi a primeira companhia do mundo a fazer testes reais com essa tecnologia em 2011. O contrato permite que a empresa adapte sua tecnologia 4G/LTE para suportar o espectro de banda S. ( assessoria de imprensa).

PUBLICIDADE
Anterior Uso de telefone em tentativas de fraude cai em outubro
Próximos Telefónica e British Telecom, juntas?