Ingresso de produtos de informática e eletrônicos no país chega a 51% em 2011


Um em cada cinco produtos industriais consumidos no país no ano passado foi importado, essa taxa é maior se considerar o setor de informática, eletrônicos e ópticos, que apresentou o maior aumento do nível de importações de 45,5% em 2010 para 51% em 2011. Os dados são da pesquisa de coeficiente de abertura comercial, divulgada nesta segunda-feira (19), pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). De acordo com o levantamento, a importação aumentou dois pontos percentuais, entre 2010 e 2011, alcançando 19,8%.

 
De 23 setores pesquisados, oito atingiram os níveis máximos da série histórica do coeficiente de penetração de importações, que começou em 1996. A maior participação de importação foi verificada na extração de carvão mineral (87%); seguida pelos setores de extração de petróleo e gás natural (54,5%); informática, eletrônicos e ópticos (51%); outros equipamentos de transporte (37,3%); e máquinas e equipamentos (36,8%).

A pesquisa também apurou que a participação de insumos importados cresceu 2,6 pontos percentuais em 2011 ante ano anterior, e bateu patamar recorde, de 21,7%. A pesquisa é feita a partir do cruzamento de dados de informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da Fundação Getulio Vargas (FGV).(Da redação)

Anterior Claro lança curso de inglês interativo em parceria com a EF Englishtown
Próximos Justiça paulista manda Google informar dados de usuários do Orkut