Inglaterra reage contra proposta de telecom da Comissão Europeia


O Reino Unido é o primeiro país a criticar publicamente a proposta da Comissão Europeia para criação de um único mercado europeu de telecomunicações. Conforme a agência de notícias Reuters, autoridades britânicas criticara e disseram que não vão permitir que a comissão intervenha nas licitações de espectro. Reclamaram também da determinação para que não seja mais cobrada a taxa de roaming.

 

Conforme o documento divulgado, as autoridades britânicas não querem que qualquer reforma regulatória “afete as competências dos Estados-membros”. A União europeia tem reclamado muito dos altos preços cobrados pelas licenças de telefonia celular.

 

Está prevista uma reunião no próximo mês em Bruxelas com os governos dos diferentes países europeus para discutir o plano lançado. Mas haverá eleições europeias em maio próximo, e alguns tentam adiar a discussão para após este pleito. (Da redação, com agências internacionais).



Anterior América Móvil não quer aumentar o preço pela KPN
Próximos Telefônica Vivo lança 4G em mais 12 cidades de sete estados