Indústria de bens de informática adota a rastreabilidade


Os fabricantes de bens de informática, como microcomputadores e periféricos, passaram a adotar sistemas de rastreabilidade em sua linha de produção para ter mais controle sobre os serviços prestados pelas assistências técnicas no conserto de produtos sob garantia. Com todas as peças identificadas e rastreadas, os fabricantes estão conseguindo eliminar problemas como pedidos errados de …

Os fabricantes de bens de informática, como microcomputadores e periféricos, passaram a adotar sistemas de rastreabilidade em sua linha de produção para ter mais controle sobre os serviços prestados pelas assistências técnicas no conserto de produtos sob garantia. Com todas as peças identificadas e rastreadas, os fabricantes estão conseguindo eliminar problemas como pedidos errados de peças ou tentativas de fraudes. “Existem no mercado softwares prontos de rastreabilidade, mas a tendência é de customização por causa de suas vantagens”, afirma Flávia Garcia Poly, líder de Projetos do Instituto de Pesquisas Eldorado.

De acordo com Poly, o software permite, por exemplo, integrar departamentos de um fabricante com a rede autorizada de assistência técnica, empresas de call center e até os correios. “No momento em que o consumidor aciona o call center, por exemplo, o operador já abre uma ordem de serviço, indica a assistência técnica mais próxima ou aciona os correios para que o produto seja retirado e levado até o centro de reparo mais próximo”, exemplifica. Na assistência técnica, com o defeito identificado, o sistema é capaz de apontar uma possível incompatibilidade entre o problema a ser reparado e a peça solicitada. (Fonte: assessoria de imprensa)

Anterior Itamaraty usará SMS para apoiar brasileiros no exterior
Próximos MiniCom conclui regras para facilitar obtenção de recursos destinados a projetos de infraestrutura