Começa a operar no país app VoIP que dispensa uso de dados


A empresa de telecomunicação over-the-top Ringo, criada na Índia em 2014, começa a operar hoje, 1°, no Brasil. No começo, promete reduzir os custos com chamadas telefônicas domésticas e internacionais, tanto para celulares, quanto para aparelhos fixos, em até 99%. A proposta não chega a ser novidade. Mas a empresa garante que possui diferenciais capazes de competir, e até desbancar, aplicações bem-sucedidas como Skype, Viber ou WhatsApp. Diferenciais que vão roubar também usuários da telefonia tradicional, cujos planos diz serem muito confusos e pouco transparentes, eliminar a necessidade do uso de dois ou mais chips.

Ringo screenshots
Telas do aplicativo Ringo, que realiza chamadas VoIP domésticas e internacionais.

O primeiro diferencial será o preço. A Ringo vai cobrar menos por chamadas feitas para Estados Unidos, Portugal e Argentina do que os concorrentes em VoIP. E menos que todas as operadoras, móveis ou fixas, em chamadas locais ou para o exterior. Os clientes não precisam assinar nenhum plano de uso. O sistema funcionará por créditos, com recargas pagas por cartão de crédito ou boleto bancário, conforme a necessidade de uso.

O segundo diferencial é o recurso callback – que mira nos donos de celulares com dois ou mais chips de diferentes operadoras. Pelo sistema, o usuário aciona o aplicativo para efetuar uma ligação interurbana ou internacional. Os servidores da Ringo, por sua vez, realizam uma chamada VoIP, em conferência, conectando a origem ao destino. Essa opção é vista como fundamental para a empresa ganhar clientes nas regiões onde as redes de dados são limitadas ou o WiFi depende de conexões pouco robustas de banda larga, uma vez que não usam a internet do usuário.

O aplicativo, compatível com smartphones Android, iOS e Windows, também faz chamadas VoIP ponta a ponta, tradicionais, sem exigir que o destinatário tenha uma conta Ringo. Apesar de baratas (as chamadas para os EUA por WiFi chegam a custar R$ 0,007), não existe modo de chamadas gratuitas entre usuários.

Bhavin - Ringo
“Não sabemos qual será a reação das operadoras. Mas nos vejo contribuindo para seu crescimento, uma vez que pagamos todas as taxas de conexão”, Bhavin Turakhia, CEO da Ringo

De acordo com o fundador e CEO da Ringo, o mercado brasileiro é fundamental nos planos de expansão da OTT. “O Brasil é um dos maiores mercados de telefonia do mundo e com grande potencial, uma vez que 80% das pessoas usam celular pré-pago. As chamadas móveis são caras e escolher qual operadora ou plano usar é confuso, já que as combinações para reduzir os custos são inúmeras”, diz Bhavin Turakhia.

Ele espera que o Brasil tenha “muitos milhões de usuários entre seis e oito meses de funcionamento”. Aqui é o segundo país, depois do Reino Unido, a receber a funcionalidade de chamadas domésticas. No resto do mundo, só há sistema para ligações internacionais.

A Ringo contratou dois escritórios de advocacia brasileiros para preparar a chegada ao mercado local a fim de evitar a quebra de qualquer regulação. Não houve, segundo o executivo, contato prévio com representantes das operadoras para negociar quaisquer parcerias. “Não sabemos qual será a reação das operadoras. Mas nos vejo contribuindo para seu crescimento, uma vez que pagamos todas as taxas de conexão”, afirmou ao Tele.Síntese. Ontem, o superintendente da Anatel, José Bicalho, afirmou que a agência prepara um regulamento mediar a relação entre teles e OTTs.

A Ringo opera em 118 países e tem cerca de 500 milhões de usuários cadastrados. É parte da holding Riva FZC, que reúne os negócios de Turakhia, entre os quais um sistema de conferência gratuito para empresas e uma aplicação de chamadas via navegador de internet. Embora ele não revele a receita apenas do app, afima que a Riva  faturou US$ 216 milhões no último ano.

Anterior Telecom quer prorrogação dos incentivos do REPNBL para até 2022
Próximos Governo publicou MP que vai aumentar em 9% o smartphone

1 Comment

  1. Danillo Campos
    1 de setembro de 2015

    Ao acessar a loa do Windows Phone o app ainda se encontra indisponível! Espero que libere logo!