Inatel cria tecnologia exclusiva 5G para o campo


campo-lavoura

O Inatel apresentou hoje, 31, em Brasília, a tecnologia de quinta geração móvel desenvolvida por ele voltada para atender as áreas rurais brasileiras.

A proposta consiste em adicionar um novo modelo de operação às redes 5G, que permita a oferta de acesso à Internet em localidades remotas com qualidade e um custo acessível. Para isso, o Inatel desenvolveu o transceptor MIMO-GFDM Flexível, único no mundo, e demonstrado hoje.

Segundo o presidente do instituto de Santa Rita do Sapucaí, Marcelo Marques, essa tecnologia irá facilitar o acesso das áreas remotas à tecnologia, melhorar a cobertura nas rodovias e permitir a entrada de novas e pequenas operadoras rurais no mercado.

A tecnologia foi desenvolvida com o apoio do Funttel (Fundo de Desenvolvimento Tecnológico), do MCTIC, que já aportou R$ 20 milhões para o projeto.

 

Anterior Equipe de RI da Vivo eleita a melhor da América Latina
Próximos Governo ainda estuda as mudanças nos Correios

1 Comment

  1. 1 de setembro de 2017

    O 5G será uma revolução na internet móvel. Deve impulsionar a IOT no Brasil em muito, mas junto com a IOT vai impulsionar o marketing digital.
    Hoje em dia as TV’s abertas sofrem muito com a concorrência do mkt on line, com o 5G e o avanço da IOT teremos óculos que avisam em tempo real promoções de lojas quando o clientes passarem de ônibus na rua de traz. Isso já ocorre com celulares, mas será elevado a enézima potência com o 5G.
    Será que isso vai afetar os padrões da industria televisiva? Será que os canais de TV aberta sobreviverão?