IDC reduz projeção para fabricação mundial de tablets


A empresa de pesquisas de mercado IDC reduziu pela metade a previsão de crescimento do mercado de tablets mundial. A empresa agora acredita que o ano encerrará com aumento de 6,5% na produção. No primeiro semestre, a previsão era de que a fabricação cresceriam 12,1%. O número representa fabricação e distribuição de 233,1 milhões de unidades, entre tablets e 2 em 1 (mescla de notebook e tablet).

Colaboram para a redução das expectativas os resultados das grandes vendedoras, como Apple, principal marca em tablets, que viu as vendas do iPad cair 9% no segundo trimestre deste ano. Segundo Jean Philippe Bouchard, responsável da IDC pela área de tablets, os mercados desenvolvidos, como Estados Unidos e Europa, devem fechar 2014 estáveis, ou seja, sem crescimento. As vendas de tablets no resto do mundo, entretanto, deve crescer 12%. A aposta é que os tablets de baixo custo, com telas de 8 polegadas ou menores, devem alimentar o crescimento nos mercados emergentes.

Anterior Alierta confirma intenção de Telefónica deixar Telecom Italia
Próximos Gemalto encerra o semestre com receitas de 1,13 bilhão de euros