ICANN propõe evento mundial no Brasil sobre governança na internet


O CEO da ICANN (Internet Corporation for Assigned Names and Numbers), Fadi Chehadé, disse que o Brasil sediará, em 2014, um encontro mundial sobre governança na internet. A proposta foi feita pelo executivo em encontro com a presidente Dilma Rousseff, nesta quarta-feira (9), no Palácio do Planalto.

Segundo Chehadé, o encontro vai reunir, além de líderes mundiais, representantes da sociedade civil, da comunidade técnica e da indústria. Ele elogiou o discurso da presidenta Dilma na abertura da 68ª Assembleia-Geral das Nações Unidas, no dia 24 de setembro, em Nova Iorque, e disse que Dilma falou por “todos nós”.

“Ela foi a líder do mundo naquele dia e eu vim aqui para agradecê-la pela sua liderança e para discutir como partiremos da visão dela para o futuro a fim de conseguir soluções práticas, porque a confiança do mundo na internet global foi ferida. E agora é hora de recuperar essa confiança, pela liderança e pelas instituições que podem fazer isso acontecer”, afirmou Fadi Chehadé.

Ele defendeu que o novo marco regulatório seja semelhante ao Marco Civil da Internet brasileiro, que tramita na Câmara e é considerado por ele “avançado” e “pioneiro”. A ideia, segundo o executivo, é que a cúpula seja não só multilateral, mas que também ouça todos os interessados: indústria, acadêmicos, técnicos, sociedade civil e usuários.

Segundo Chehadé, a presidente sugeriu no encontro que o evento ocorra em abril de 2014, no Rio de Janeiro. (Da redação, com o Blog do Planalto)

Anterior Relógio inteligente da Samsung passa a ser produzido no país
Próximos Vodafone ultrapassa 100 mil assinantes 4G no Reino Unido