Ibope começa na próxima semana pesquisa para TV digital


O grupo que conduz a implantação da TV digital no país (Gired) decidiu hoje,22, também que a distribuição de conversores subsidiados na cidade de Rio Verde, a primeira cidade a ter a TV analógica desligada, se dará em um único ponto de distribuição.

O Ibope começa na próxima semana a pesquisa de campo na cidade de Rio Verde, em Goiás, para auferir o número de famílias que já assistem à TV com o sinal digital. Na semana seguinte, fará a pesquisa no Distrito Federal. Segundo o conselheiro Rodrigo Zerbone, da Anatel, que dirige o Gired (grupo de implementação da TV digital), até o início de setembro estará concluída a avaliação sobre estas pesquisas e corrigidos possíveis erros de formulação, quando então estarão completos os questionários. O cuidado deve ser redobrado porque só poderá haver o desligamento da TV analógica se a pesquisa apurar que pelo menos 95% dos telespectadores de cada cidade já recebem o sinal digital de TV aberta.

O grupo decidiu hoje,22, também que a distribuição dos conversores para os cadastrados no Bolsa Família da cidade de Rio Verde, a primeira a ter os sinais de TV analógica desligados, se dará em um único local. Ou seja, o beneficiado terá que se deslocar para o ponto de distribuição e receber o set top box e a antena. A intenção é de, neste local, também ficar disponíveis as informações necessárias para a instalação do conversor e da antena nas residências.

As operadoras de telecom que compõem a EAD – a empresa que vai comprar e distribuir essas caixinhas – estão otimistas com a possibilidade de usarem a mesma tecnologia – o Ginga C – também em Rio Verde, o que até o mês passado estava descartado, por falta do produto no mercado. Mas os fabricantes que disputam a licitação feita pela EAD estão garantindo a entrega para novembro, quando ocorrerá o teste piloto na cidade goiana.

 

Anterior Entidades cobram regulamentação do Marco Civil da Internet
Próximos Governo arrecada R$ 8,77 bilhões com Fistel em 2014