IBGE: telecom e informática são os destaques em investimento em inovação.


Telecomunicações e informática foram os  segmentos que mais investiram em inovação tecnológica, das 32,8 mil empresas que fizeram inovação em todo o país. A informação foi identificada  em pesquisa de inovação tecnológica elaborada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que incorporou pela primeira vez dados desses segmentos. A pesquisa considerou o ano de …

Telecomunicações e informática foram os  segmentos que mais investiram em inovação tecnológica, das 32,8 mil empresas que fizeram inovação em todo o país. A informação foi identificada  em pesquisa de inovação tecnológica elaborada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que incorporou pela primeira vez dados desses segmentos. A pesquisa considerou o ano de 2005 e foi publicada hoje.

No universo das empresas de telecomunicações, 45,9% das 393 empresas disseram ter investido para inovar em produtos ou processos. Entre as empresas de informática, de um total de 3,8 mil,  57,6% afirmaram ter inovado. No serviço de pesquisa e desenvolvimento, 97,6% das 42 instituições também confirmaram terem inovado em produtos ou processos  . Se a este conjunto forem adicionadas aquelas que só desenvolveram projetos entre 2003 e 2005, a taxa de inovação deste setor atinge 100%.

Segundo o IBGE, o mercado de telecom e informática exige mais dinamismo e está sujeito a estratégias da concorrência. Esses dois segmentos tiveram um número de empresas que investiram em inovação superior ao das demais empresas industriais (33,4%). "Estamos num momento de expansão do mercado de telecomunicações, com a banda larga e a TV Digital, estamos começando a construir essa infra-estrutura", disse a coordenadora da pesquisa, Mariana Martins Rebouças.

A pesquisa ainda detectou que os principais obstáculos para inovação apontados pelos empresários são: os elevados custos, riscos econômicos excessivos e escassez de fontes de financiamento.(Da Redação)

Anterior Venezuela migra para GSM
Próximos TV por assinatura cresce 12% no 2T07