IBCD divulga Índice Brasil de Convergência Digital


Inclusão Digital, Comércio de produtos e serviços por meio digital e Hardware foram as áreas da cadeia produtiva de TICs – Tecnologias de Informação e Comunicação – que mais evoluíram ano passado, todas com crescimento acima de 20% em relação a 2005, aponta a terceira edição do "Índice Brasil para Convergência Digital 2006", levantamento realizado …

Inclusão Digital, Comércio de produtos e serviços por meio digital e Hardware foram as áreas da cadeia produtiva de TICs – Tecnologias de Informação e Comunicação – que mais evoluíram ano passado, todas com crescimento acima de 20% em relação a 2005, aponta a terceira edição do "Índice Brasil para Convergência Digital 2006", levantamento realizado pela consultoria RCR para o IBCD (Instituto Brasil para Convergência Digital), apresentado hoje, 14 de junho, no Ciab, Congresso e Exposição de Tecnologia da Informação das Instituições Financeiras , que acontece até amanhã em São Paulo.  

O estudo aponta que o Brasil atingiu 5,8 pontos nesta edição, contra 5,13 pontos no índice anterior, o que representa um crescimento de 13% de 2005 para 2006. O índice desejado seria de 7,64, que corresponde ao grau de maturidade para a Economia Digital de países como Espanha, França e Coréia do Sul, que o IBCD espera ser atingido no Brasil até 2010.

Nas telecomunicações, o estudo indica que a curva de evolução dos acessos de telefonia móvel tende, nos próximos anos, a se estabilizar, e o crescimento da receita do setor deverá ocorrer pela popularização de aparelhos celulares com maior incremento tecnológico, que são mais favoráveis à convergência digital, e com a diminuição das tarifas de serviços, em função da concorrência.

Anterior Provedor de acesso não quer ser excluído do programa Computador para Todos
Próximos Orascom desiste de fatia da BrT