Hughes e Copel Telecom levam internet às escolas públicas do Paraná


A provedora de comunicação em banda larga via satélite, anunciou hoje, 9, a assinatura de contrato de prestação de serviços com a Copel Telecom, subsidiária integral de telecomunicações da Copel – Cia. Paranaense de Energia. O contrato, ganho por licitação, prevê a instalação de 800 terminais VSAT (Very Small Aperture Terminal) em municípios do Paraná …

A provedora de comunicação em banda larga via satélite, anunciou hoje, 9, a assinatura de contrato de prestação de serviços com a Copel Telecom, subsidiária integral de telecomunicações da Copel – Cia. Paranaense de Energia. O contrato, ganho por licitação, prevê a instalação de 800 terminais VSAT (Very Small Aperture Terminal) em municípios do Paraná nos quais a Copel não possui infra-estrutura de telecomunicações.

O objetivo da instalação do sistema via satélite será prover acesso à internet e a outros sistemas a escolas da rede estadual de ensino localizadas em pequenas cidades e nas zonas rurais do estado, complementando os serviços prestados diretamente pela Copel por seu sistema de fibras ópticas, que alcançarão outras 1,3 mil unidades educacionais. Segundo a Copel, até o final deste ano, todas as 2,1 mil instituições de ensino administradas pela Secretaria Estadual da Educação estarão conectadas à web, dando cumprimento às metas do Paraná Digital, o maior programa de informatização de escolas públicas já realizado no Brasil.

"O projeto que realizaremos no Paraná comprova que a comunicação via satélite está a todo o vapor no país. Incluindo o projeto com a Copel, instalaremos 3.800 terminais com a tecnologia VSAT no país, nos próximos meses", afirma Delio Morais, presidente da Hughes Brasil. Para o gerente de Gestão e Planejamento da Copel Telecom, Mauro Eduardo Clepf, a opção pelo satélite para conectar as escolas de cidades menores, ou mais retiradas, deve-se à significativa redução de custo da utilização do satélite, o que dá competitividade crescente a essa tecnologia, que tem como vantagem adicional a rapidez na instalação. Ele acrescenta que a própria Copel vem estudando a viabilidade de usar o satélite para conectar on line as novas agências de atendimento ao público que estão sendo reabertas em cidades que ainda não foram alcançadas pelo seu sistema de fibras ópticas.

Paraná Digital

A instalação das 800 VSATs está inserida no programa Paraná Digital, iniciativa do governo estadual que pretende conectar toda a rede de escolas da sua Secretaria de Educação à Internet até dezembro, aproveitando a infra-estrutura de transmissão de dados por fibras ópticas de alta velocidade e confiabilidade instalada pela Copel Telecom. Esse sistema cobre praticamente todo o Paraná, servindo as 146 maiores cidades do estado.

Além de possibilitar aos alunos conexão à web, o Paraná Digital vai permitir integrar as áreas administrativas de todas as escolas públicas estaduais e proporcionar aos seus professores acesso ao portal Dia-a-Dia Educação, endereço virtual concebido pela Secretaria de Educação para ser uma ferramenta auxiliar de uso contínuo aos educadores.

(Fonte: assessoria de imprensa, Hughes)

Anterior França quer ter 11 milhões de casas com fibra óptica
Próximos Jogos Tec Toy Mobile na TIM GSM