Huawei volta a criticar EUA em lançamento de seu novo chip para IA


A Huawei aproveitou o evento de lançamento de seu novo chip para inteligência artificial para criticar o governo de Donald Trump, dos Estados Unidos, que impediu a fabricante chinesa de comercializar em solo americano sob a alegação de ameaça à segurança nacional.

Em coletiva de imprensa realizada hoje, 23, o executivo Abraham Liu, diretor de relações institucionais da Huawei na União Europeia, afirmou que a empresa se tornou alvo em função de seu avanço tecnológico. Disse ainda que a postura dos americanos pode colocar em risco o comércio mundo afora.

“O mundo deverá se mover de um ambiente ordenado e com mecanismos de pesos e contrapesos, para um sistema baseado em incerteza, irracionalidade e caos”, afirmou. Ele ressaltou que, apesar dos esforços do governo Trump em prejudicar a Huawei, a companhia segue firmando contratos com operadoras mundo afora para a implantação de novas redes 5G.

Inteligência artificial

As declarações aconteceram durante coletiva de imprensa de lançamento do Ascend 910, o novo processador da Huawei feito para lidar com operações de inteligência artificial. Segundo a companhia, trata-se do chip mais rápido para a função existente no mundo hoje, com o dobro do poder computacional do mais potente chip para IA até então disponível.

Com ele, diz a companhia, é possível ampliar em 50% a 100% a velocidade de treinamento de modelos. O produto foi resultado de apenas um ano de trabalho, a partir do momento em que a companhia decidiu mergulhar na competição por soluções com inteligência artificial, em outubro do ano passado.

Além do chip, a empresa anunciou ainda o MindSpore, um conjunto de instruções de código aberto para computação de inteligência artificial que deverá ser usado com o novo chip. (Com assessoria de imprensa)

Anterior O futuro da economia digital será debatido no INOVAtic Nordeste & ISP Business
Próximos No Twitter, Trump ordena empresas americanas a deixarem a China e eleva impostos

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *