Huawei Marine escolhe fornecedor de cabo submarino Camarões-Brasil


O CBCS ligará Brasil ao Camarões até o final de 2017
O CBCS ligará Brasil ao Camarões até o final de 2017

A Huawei Marine Networks, subsidiária dedicada à construção de cabos submarinos da fornecedora chinesa de mesmo nome, escolheu a Nexans para fazer os cabos ópticos repetidores que vão atravessar o Oceano Atlântico e ligar Kribi, nos Camarões, a Fortaleza, Brasil. A estrutura, batizada de CBCS, terá 6 mil km de extensão.

Este será o primeiro projeto intercontinental da Nexans, fabricante europeia de cabos de fibra óptica e de transmissão de energia. O cabo, por sua vez, é a segunda etapa de uma iniciativa do Global Marine, consórcio de empresas asiáticas liderado pela Huawei Marine para conectar países da África. A Huawei Marine terminou em 2015 o Sistema de Cabos Submarinos da Nigéria, na costa do país.

O cabo submarino Camarões-Brasil também é chamado de Fase II da Rede Nacional de Banda Larga de Camarões, e foi contratado pela operadora local Camtel. Ele usará tecnologia de transporte 100G, terá capacidade de 32 bps, com quatro pares de fibra, conforme material divulgado em 2015, quando foi anunciado. A previsão de lançamento comercial era o final de 2017, prazo reiterado ano passado pela Huawei. (Com assessoria de imprensa)

Anterior SES contrata capacidade em satélites da Hughes por conectividade de bordo
Próximos WhatsApp divulga pesquisa para mostrar impacto sobre o PIB