Huawei lança solução WTTx no Brasil, de olho nos provedores regionais


jefferson taborda huawei
O executivo Jefferson Taborda, da Huawei, explica o funcionamento do WTTx durante evento ocorrido hoje, 27, em Brasília (Foto: divulgação)

A Huawei anunciou hoje, 27, a disponibilidade de solução WTTx para o mercado brasileiro de provedores de acesso. A tecnologia, cujo nome significa wireless to the x, permite a oferta de banda larga sem fio, com velocidades semelhantes às da banda larga fixa.

No Brasil, já existe um caso de adoção do WTTx para serviços de banda larga doméstica, em que o provedor alcançou centenas de milhares de usuários em menos de dois anos. O lançamento do novo produto coincide com a destinação dos lotes do último leilão de frequências feito pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Segundo a Huawei, o WTTx é ideal para países e regiões onde as redes de banda larga fixa não estão totalmente desenvolvidas e também em países com implantação de fibra limitada pela sua geografia. Enquanto o FTTx é implementado de forma massiva nos grandes centros urbanos, o WTTX se posiciona como tecnologia de rede mais efetiva para zonas suburbanas ou pequenas cidades com densidade populacional média.

“Modelos de negócios baseados em WTTx têm sido adotados por diversos provedores de internet e operadoras de telefonia móvel em todo o mundo, principalmente para serviços de banda larga doméstica. Com a taxa de penetração de banda larga no Brasil em torno de 40%, a adoção do WTTx pelos ISPs é uma oportunidade única para conectar mais e mais brasileiros”, explica Huang Hailin, vice-presidente da Huawei do Brasil. O lançamento aconteceu durante o ISP LTE TDD National Summit, evento organizado pela empresa, em Brasília (DF).

Anterior Facebook lucra 189% mais no 2º tri
Próximos As potencialidades da Oi, sem venda de bens