Huawei foi a empresa que mais solicitou patentes no mundo em 2018


A Huawei foi a empresa que mais fez pedidos de patentes em 2018, no mundo. A gigante chinesa registrou 5,4 mil solicitações. O número é quase duas vezes superior ao da segunda empresa a pedir mais patentes, a japonesa Mitsubishi Electric. Os números foram reunidos pela Organização Mundial de Propriedade Intelectual (OMPI), e podem ser conferidos aqui.

O ranking das empresas que mais pediram patentes é dominado pelas chinesas. São três delas: Huawei, ZTE (fabricante de equipamentos de telecomunicações) e BOE Technology (fabricante de displays e sensores).

Estados Unidos e Coreia do Sul são representados por duas empresas cada. As norte-americanas são Intel e Qualcomm, ambas fabricantes de chips. A Coreia tem duas gigantes polivalentes, que produzem celulares, telas, equipamentos domésticos, silício: Samsung e LG.

Já a Suécia é representada pela Ericsson, também fabricante de tecnologia em telecomunicações. Enquanto a Alemanha aparece em função da Bosch, gigante que produz de tudo em engenharia eletrônica.

Considerando apenas os pedidos das dez empresas que mais solicitaram registros de propriedade intelectual em 2018, a China somou 9.298 pedidos (Huawei, ZTE e BOE). Os EUA tiveram 4.903. A Coreia do Sul, 3.694. O Japão,  2.812. A Suécia, 1.645. E a Alemanha, 1.524.

Abaixo, veja qual o porcentual por origem do total de patentes entre as dez maiores empresas do mundo.

O top 10 não difere muito do cenário total. A OMPI ainda não atualizou todos os dados de 2018, mas em 2017, quando computou 3,2 milhões pedidos de patente, a maior parte se originou na Ásia (65%), em linha com o ranking atual. A América do Norte respondeu por 20%. Enquanto a Europa representou 11,2%. A América Latina tinha 1,8%.

Anterior Telefónica adere à regulação da internet, defendida por Berners-Lee
Próximos Vivo inicia vendas de FTTH em mais três cidades de São Paulo