HP acelera o passo no mundo da convergência


A Hewlett-Packard deu mais um grande passo em direção aos mundos convergentes das telecomunicações e entretenimento ao anunciar a nova unidade de negócios HP Communications, Media & Entertainment (HP CME), antiga Network and Service Provider, cujo faturamento anual é da ordem de US$ 9 bilhões, cerca de 10% da receita total da empresa. Seus clientes …

A Hewlett-Packard deu mais um grande passo em direção aos mundos convergentes das telecomunicações e entretenimento ao anunciar a nova unidade de negócios HP Communications, Media & Entertainment (HP CME), antiga Network and Service Provider, cujo faturamento anual é da ordem de US$ 9 bilhões, cerca de 10% da receita total da empresa. Seus clientes incluem operadoras fixas e móveis, vendors, além de toda sorte de empresas que criem e distribuam conteúdo digital.

No centro desses negócios estão os servidores HP, utilizados por operadoras, empresas de TI e de conteúdo digital. O equipamento está, por exemplo, na base dos sistemas de IPTV oferecidos em conjunto pela Alcatel e Microsoft. Além disso, a fabricante dispõe de uma plataforma de entrega de serviços (SDP, sigla em inglês) e um ambiente de desenvolvimento destinados a desenvolvedores de aplicações e operadoras. A SDP foi implementada na Telefónica Móviles e na SK Telecom.

A empresa não começou a atuar no mundo da convergência só com a criação da HP CME. Está, por exemplo, trabalhando com a Siemens Business Services em um projeto para a BBC – British Broadcasting Corporation, e lançou, recentemente, a Digital Media Solution.

(Redação com agências internacionais)

Anterior Neo TV afirma que irá zelar pela isonomia no mercado de TV paga
Próximos Pulso-minuto: mesmo na defensiva, Anatel não convence consumidores.