Hip Telecom lança cartões DDD e DDI


A Hip Telecom, operadora de telecomunicações (VoIP) com abrangência nacional, acaba de lançar os cartões de descontos DDHip, que oferecem ligações interurbanas nacionais e internacionais até 50% mais baratas . A iniciativa faz parte do esforço da operadora para democratizar a telefonia via banda larga no Brasil e, em apenas seis semanas, já foram comercializados …

A Hip Telecom, operadora de telecomunicações (VoIP) com abrangência nacional, acaba de lançar os cartões de descontos DDHip, que oferecem ligações interurbanas nacionais e internacionais até 50% mais baratas . A iniciativa faz parte do esforço da operadora para democratizar a telefonia via banda larga no Brasil e, em apenas seis semanas, já foram comercializados mais de 80 mil unidades.

O produto está disponível em quatro versões – DDD 30 minutos – R$ 10,00; DDD 100 minutos – R$ 30,00; DDI 20 minutos – R$ 10,00; e DDI 75 minutos.  Inicialmente, o produto pode ser encontrado na Grande São Paulo (39 cidades) e São José dos Campos. Em março, o produto estará disponível no Rio de Janeiro e em Minas Gerais e ainda no primeiro semestre em todo o Brasil.

Em uma ligação de São Paulo para Fortaleza, por exemplo, o usuário poderá pagar até R$ 0,85 por minuto em um telefone público (orelhão). Já com o Cartão DDHip, este mesmo interurbano custará R$ 0,39 por minuto, ou seja, 54% a menos. A vantagem, segundo a empresa, também é presente no telefone celular, no qual a mesma ligação cairá para R$ 0,91 por minuto, contra o equivalente a R$ 1,53 em uma operadora concorrente, economia de 40%.

Ratinho
Para divulgar a novo produto, a operadora investiu em uma agressiva campanha publicitária. A primeira ação é protagonizada pelo apresentador Ratinho, que promove as vantagens do cartão com ênfase no preço, e conta com material de ponto de venda.

A campanha está dentro da verba anual de marketing de R$ 30 milhões da Hip Telecom e faz parte das ações da operadora para disseminar os ganhos da Telefonia Voip. "Com ações como esta vamos cumprir nossa meta de conquistar 40% do segmento de telefonia via banda larga em três anos e de
atingir o break even em junho de 2006 quando completamos nosso primeiro ano de operação”, revela Paulo Humberg, presidente da Companhia. A Hip Telecom fechou 2005 com 12 mil assinantes e estima encerrar 2006 com 60 mil assinantes.

Fonte: assessoria de imprensa, Hip Telecom

Anterior Antes do 3G, Brasil precisa usar serviços de dados, diz Rojas
Próximos Sercomtel leva o 43 para mais uma cidade