Hewlett-Packard vai fundir divisão de PC e de impressão


A Hewlett-Packard (HP) anunciou hoje (21) a fusão de sua divisão de computadores pessoais e de impressão, com o objetivo de cortar custos, melhorar o design de seus produtos e aumentar a eficiência. Vyomesh I. Joshi, vice presidente executivo da unidade de impressão da HP – responsável por grande parte dos lucros da empresa – vai se aposentar.

Esta consolidação é o primeiro movimento de destaque feito por Meg Whitman desde que se tornou chefe executiva, setembro passado. Até agora ela estava focada em entender os negócios da HP (que vão de soluções para computadores pessoais, empresariais até call centers) e comunicar sua visão para os funcionários da empresa. Mês passado ela anunciou mudanças radicais, com possibilidade de corte de pessoal.

Em diversos setores da HP computadores estão imprimindo em papel de rescunho. Os negócios da empresa foram desafiados pela popularidade da computação em nuvem e pelo iPad da Apple, que facilita fácil armazenamento de dados e exibição simplificada de documentos e fotos. Além de cortar custos, a estratégia da companhia quer os PCs e as impressoras desenhas para trabalhar juntos. A nova divisão combinada vai ser dirigida por R. Todd Bradley, atual responsável pelo setor de PC business.

A divisões que serão fundidas respondem por metade das receitas da HP ($ 15,1 bilhões de um total de $ 30,4 bilhões no 4º trimestre, finalizado em janeiro deste ano). Parte na queda dos rendimentos e lucros da empresa são resultado de uma enchente na Tailândia, que gerou escassez de drives hard disks e uma queda cíclica no processo de impressão durante períodos de recessão.

Além de criar uma interface agradável, estilo Apple, de forma a simplificar a comunicação entre Pcs e impressoras, a HP espera aumentar suas vendas adotando para seus novos computadores com o sistema operacional Windows 8.

 

(Fonte: The New York Times)

Anterior 29º Encontro Tele.Síntese
Próximos Dez diferentes redes de telecom terão isenção de imposto, mas só com equipamentos nacionais.