Hélio Costa confia na aprovação da mudança do PGO


O ministro das Comunicações, Hélio Costa, disse que ainda não tem a posição do presidente da Anatel, Ronaldo Sardenberg, sobre a votação das mudanças do PGO (Plano Geral de Outorgas) na quinta-feira, mas acha que passará sem problemas. Ele disse que a demora decorre de preocupações, que considera completamente válidas, para que uma decisão importante …

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, disse que ainda não tem a posição do presidente da Anatel, Ronaldo Sardenberg, sobre a votação das mudanças do PGO (Plano Geral de Outorgas) na quinta-feira, mas acha que passará sem problemas. Ele disse que a demora decorre de preocupações, que considera completamente válidas, para que uma decisão importante como esta não fique devendo nenhuma explicação. “Eu acho isso muito apropriado”, defendeu.

Costa disse que, nas conversas com os conselheiros da agência, todos viam como perfeitamente possível a fusão da Brasil Telecom com a Oi.

Segundo o ministro, a falta do quinto conselheiro da Anatel não está atrapalhando a decisão. Ele  disse que o presidente Lula está conversando com os candidatos ao cargo e que onten conversou com Márcio Wohlers, do Ipea, e, anteriormente, com Emília Ribeiro, que foi indicada por ele e que tem também o apoio do senador José Sarney (PMDB-AP). A reunião do presidente com Wohlers não foi, porém, confirmada pelo economista.

PUBLICIDADE

O ministro informou que o presidente ainda faltava com falar com Jarbas Valente, que é da própria Anatel. Wohlers é indicação do presidente do BNDES, Luciano Coutinho, e Jarbas Valente é o candidato  da agência. O ministro disse que as conversas estão evoluindo e deve sair uma decisão em breve

NET HD

Hélio Costa participou ontem à noite do lançamento da transmissão digital em alta definição da Net em Brasília e do lançamento da comercialização da NET Digital HD Max, serviço que permite reproduzir e gravar imagens em alta definição. O mesmo serviço já foi lançado em São Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro.

Segundo o presidente da NET,  José Antônio Félix, a empresa investiu em 2007 R$ 700 milhões e outros R$ 770 estão previstos estes anos, na digitalização e redistribuição do serviço. Bem como no lançamento do decodificador, desenvolvido pela Cisco, com tecnologia de ponta e que, segundo ele, trata-se de um dos equipamentos mais modernos do mundo.

Na mesma solenidade foi lançado o canal Globosat HD, em conceito de superstation, que reúne uma combinação de programas exibidos pelos  canais Globosat nos gêneros musical (Multishow), programas (GNT), filmes (Telecine) e programação esportiva (SporTV). Todos os conteúdos são exibidos em “Full HD”, no formato 16:9 e som Dolby Digital 5.1, quando disponível.

A assinatura do novo serviço custará ao assinante R$ 399,90 mensais.

Anterior Minicom vai prorrogar consulta pública da política de telecom
Próximos TV digital: ministro conhece hoje projeto de conversor popular