GVT tem lucro de R$ 32,4 milhões no primeiro trimestre do ano


A GVT registrou lucro líquido de R$ 32,4 milhões no 1T10, comparado a R$ 26,0 milhões no 1T09, uma variação de 24,7%. A receita líquida alcançou R$ 513,4 milhões no 1T10, comparada a R$ 376,1 milhões no 1T09, um crescimento de 36,5%. O crescimento da receita líquida no primeiro trimestre deve-se, principalmente, ao aumento de …

A GVT registrou lucro líquido de R$ 32,4 milhões no 1T10, comparado a R$ 26,0 milhões no 1T09, uma variação de 24,7%. A receita líquida alcançou R$ 513,4 milhões no 1T10, comparada a R$ 376,1 milhões no 1T09, um crescimento de 36,5%. O crescimento da receita líquida no primeiro trimestre deve-se, principalmente, ao aumento de 65,9% na receita de banda larga e ao aumento de 31,6% na receita de serviços de voz, conforme comunicado da operadora enviado agora à noite à CVM.

As adições líquidas de linhas em serviços (LIS) obtiveram um forte desempenho no 1T10, atingindo um total de 301.403 linhas, um crescimento de 59,9% quando comparado com o 1T09. Desse total, 132.392 linhas foram voz, 78.465 foram ADSL, 88.548 foram dados corporativos, 8.205 foram VoIP e houve uma redução de 6.207 linhas de ISP (Provedor de Serviços de Internet).

O EBITDA ajustado cresceu 46,8% no 1T10 e a margem EBITDA ajustada cresceu 2,8 p.p. para o mesmo período, atingindo 40,3%. O aumento na margem EBITDA ajustada ocorreu principalmente em função do aumento da receita de Serviços de Próxima Geração (NGS), combinados com a otimização dos custos de backbone e IP e uma redução nas despesas com vendas e marketing como percentual da receita líquida.

Os investimentos da GVT atingiram R$ 172,6 milhões no 1T10, representando um aumento de 63,9% em comparação aos R$ 105,3 milhões do 1T09. Esse crescimento se deve principalmente a aceleração da expansão geográfica.

A companhia estima crescimento de 29% na receita líquida para 2010, ano contra ano, e um aumento de 35% no EBITDA ajustado comparado a 2009. (Da redação)

Anterior Governo divulga terça-feira a lista de telecentros que serão apoiados
Próximos Cresce número de queixas contra serviços de Telecom em março