GVT registra novo recorde em desempenho e revê projeções para 2010


A GVT encerrou o terceiro trimestre de 2010 com lucro líquido de R$ 96,8 milhões, evolução de 69,4% em comparação com o mesmo trimestre do ano anterior. Os resultados da operadora de banda larga e telefonia fixa foram anunciados juntamente com seu grupo controlador, a empresa Vivendi, uma vez que a GVT fechou o capital e encerrou as transações na Bovespa.

Na comparação com o mesmo período de 2009, a receita líquida do terceiro trimestre da GVT cresceu 46,7%, atingindo R$ 648,7 milhões. O Ebitda ajustado alcançou R$ 269,9 milhões e a empresa voltou a registrar recorde da margem Ebitda ao atingir 41,6% neste terceiro trimestre. “Nosso crescimento contínuo é resultado da combinação da melhor banda larga do Brasil com os melhores pacotes de telefonia fixa a preços super competitivos e um excelente custo-benefício para o cliente”, disse em comunicado o presidente da empresa, Amos Genish.

A base de clientes atingiu 3,8 milhões de linhas em serviço no fechamento de setembro. Entre julho e setembro, foram 382.873 novas linhas, representando um crescimento de 55% sobre o desempenho realizado no mesmo período de 2009.

Revisão do crescimento
O forte desempenho da empresa no período gerou uma nova revisão da projeção de crescimento para 2010. “De acordo com a nossa capacidade de manter os altos patamares de crescimento, a cada trimestre, revisamos as projeções de crescimento no ano e esperamos fechar 2010 com uma receita 40% maior que a de 2009, acompanhada de uma evolução de 50% no Ebitda ajustado”, informa Genish. (Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior Mariana Tavares deixa a Secretaria de Direito Econômico
Próximos Operadoras podem lucrar com as tendências de SMS e MMS