GVT quer aumentar participação no mercado com banda larga de 100 Mbps


A GVT vai lançar a partir de julho serviço de banda larga de 50 Mbps e 100 Mbps nas capitais e algumas médias cidades onde atua. A expectativa da companhia é alcançar resultados semelhantes ou superiores ao que obteve com a oferta de 10 Mbps, que já representa 29% do total de suas vendas e …

A GVT vai lançar a partir de julho serviço de banda larga de 50 Mbps e 100 Mbps nas capitais e algumas médias cidades onde atua. A expectativa da companhia é alcançar resultados semelhantes ou superiores ao que obteve com a oferta de 10 Mbps, que já representa 29% do total de suas vendas e atingiu 9% da sua base de ADSL.

Mesmo sem adiantar quais serão os custos das novas velocidades para o cliente, o vice-presidente financeiro, Rodrigo Ciparrone, acredita que dificilmente a oferta poderá ser coberta pela concorrência. Ele se baseia na oferta da GVT de 10 Mbps a R$ 60, valor 76% menor do que a própria companhia oferecia no início do ano. Além disso, Ciparrone cita que 1 Mbps dos concorrentes custa entre R$ 89 a R$ 159.

A migração da sua base de clientes para altas velocidades é um dos principais pontos da estratégia da GVT de conquista de participação do mercado. “Nós baseamos nossa estratégia no diferencial que a companhia oferece, que é a mais moderna rede de próxima geração do país e uma estrutura de custo eficiente de backbone e IP”, disse Ciparrone.

A GVT fechou o primeiro trimestre de 2009 com receita líquida de R$ 376 milhões, cerca de 3% maior quando comparada com o quarto trimestre de 2008. A receita com banda larga totalizou R$ 71,3 milhões no 1T09, comparada com R$ 45,5 milhões registrados no 1T08, um aumento de 56,8%. Este aumento ocorreu em razão, principalmente, de um crescimento de 71,5% no número de linhas ADSL, que totalizou 493.777 linhas ao final de 1T09.

Anterior Oi lança pré-pago na região II, com bônus de até R$ 600 mensais.
Próximos Mouse permite leitura de radiofrequência