GVT, NET, BB e Pão de Açúcar devem ser operadores virtuais de celular



Com a aprovação  pela Anatel do regulamento do Operador Móvel Virtual (MVNO), o mercado já faz as suas apostas sobre quais as empresas que estão mais avançadas nas negociações para lançar o seu próprio telefone móvel. Pelas novas regras, haverá dois tipos de operadores: os credenciados, que apenas colocarão a sua marca nos serviços das operadoras já existentes (exemplo, o Pão de Açúcar vai vender celular em seus supermercados usando a rede, o número e o atendimento da TIM, Vivo e Oi) e os autorizados, que farão parceria com uma única operadora existente, e atuarão como efetivas empresas de telecom, passando a ter número, call center e fatura próprios.

Na avaliação dos especialistas, os primeiros MVNOs deverão estar prontos para ingressar no mercado no início do próximo ano. Serão os credenciados, como cadeias de supermercados e redes varejistas, além de igrejas e times de futebol. O Banco do Brasil também demonstra grande interesse por este mercado, e comenta-se que a instituição deverá distribuir celular para a população de baixa renda para bancarizá-la.

Entre os operadores autorizados, a aposta é na GVT, que virá com força, já com tecnologia da quarta geração, comentam os analistas, e a NET Serviços, que também se interessou pelo segmento da telefonia móvel. De qualquer forma, o ingresso dessas novas empresas dependerá da parceria com as  atuais operadoras. 

Normal 0 21 false false false MicrosoftInternetExplorer4

Anterior Vivo e Claro anunciam a comercialização do tablet
Próximos Brasil ultrapassa barreira de 1 celular por pessoa