A GSMA, associação mundial das operadoras de telefonia móvel, escolheu Mats Granryd, presidente e CEO da operadora sueca Tele2, para dirigir a entidade. Ele assume o cargo deixado vago por Anne Bouverot, que saiu para se tornar CEO da gigante francesa de tecnologia Morpho, em julho passado.

Granryd também terá uma cadeira no conselho de 25 integrantes da associação. Ele assumirá os posto em 1° de janeiro, deixando os cargos ocupados na Tele2. Até lá, a direção da GSMA fica interinamente nas mãos de Alex Sinclair, que também é o atual CTO da entidade.

Além de reunir 800 operadoras e 250 fabricantes de tecnologia para telecomunicações, a GSMA é também responsável pelo Mobile World Congress, evento que acontece anualmente reunindo especialistas para debater os rumos do setor de telecomunicações, em Barcelona. (Com assessoria de imprensa)