Grupo Telefónica intensifica plano para diminuir endividamento


O objetivo seria reduzir a dívida atual, de € 49,7 bilhões, para € 31,7 bilhões. A operação no Brasil estaria blindada devido aos resultados da integração com a GVT. Nas próximas semanas a operadora brasileira deverá inclusive divulgar novas estratégias em inovação.

logo telefonicaO Grupo Telefónica vai intensificar seus planos de redução de gastos com o objetivo de cortar o endividamento da companhia, de € 49,7 bilhões conforme o último balanço financeiro. A meta seria reduzir este valor a € 31,7 bilhões.

Segundo o site de notícias Bloomberg, nos próximos dias a empresa vai propor aos funcionários na Espanha um plano de demissão voluntária. O plano vai custar € 2,9 bilhões, despesa que entrará nos custos do quarto trimestre de 2015. Em compensação, a iniciativa prevê economia de € 370 milhões ao ano a partir do segundo ano de sua implantação, e melhora do caixa já em 2016.

A redução de funcionários não é novidade na companhia, que desde 2011 reduziu sua força de trabalho de 291 mil funcionários no mundo para 124 mil em setembro, de acordo com o balanço financeiro mais recente. Na divulgação dos balanços de 2015, executivos chegaram a antecipar a estratégia, dizendo que já estavam negociando com os sindicatos.

A empresa não divulgou propostas de corte de custos no Brasil. A operação local estaria blindada, entregando resultados, com contas equilibradas e colhendo os resultados da integração com GVT (financiada com aumento de capital). Nas próximas semanas, inclusive, deve divulgar novos estratégia e investimentos no Brasil em inovação, conforme apurou o Tele.Síntese. (Com agências internacionais)

 

 

Anterior Remessas globais de smartphones cresceram entre 10% e 12,1% em 2015
Próximos Vendas de smartphones da Sony caem, mas segmento amplia lucro

1 Comment

  1. Mr Anderson
    1 de Fevereiro de 2016

    Alguma notícia sobre aquisição da Sky?