Grupo espanhol Telefónica aumenta lucro em 11,6%


José María Álvarez-Palette, presidente da Telefónica

O grupo espanhol Telefónica, dono da operadora homônima brasileira, divulgou hoje, 31, os dados financeiros do terceiro trimestre de 2018. A companhia registrou, no período, lucro de € 1,39 bilhão, 11,6% maior que um ano atrás. As receitas, no entanto, caíram 8,3% em relação ao mesmo trimestre de 2017, para € 11,69 bilhões.

O lucro operacional antes de impostos, depreciações e amortizações (OIBDA) da companhia ficou em € 4,03 bilhões, queda de 1,4% ano a ano. Apesar disso, a companhia conseguiu reduzir o endividamento em 10%, para € 42,63 bilhões.

O CEO da empresa, José María Álvarez-Pallete (foto) afirma que os esforços com redução de custos e adição de novos clientes vêm trazendo resultados positivos sobre a rentabilidade do grupo. Ele também lembrou que, com o lançamento da Aura, sistema de inteligência artificial e automação da empresa, a operadora está melhorando os índices de simplificação e digitalização de processos, o que tem impacto nos custos e na experiência dos clientes.

O impacto da vitória judicial da Telefônica Brasil no trimestre também se refletiu no balanço da matriz espanhola, gerando um acréscimo de € 307 milhões ao OIBDA. Embora contingências de € 110 milhões aqui e de € 123 milhões devido à ajustes pela hiperinflação na Argentina tenham equilibrado as contas.

Anterior Bolsonaro confirma Marcos Pontes no MCTI
Próximos Lucas Chies: Sua rede em nuvem está pronta para uma Trusted Internet Connection?