Greve de auditores ainda não incomoda a indústria


Passadas três semanas de paralisação dos auditores fiscais, até o momento a indústria de telecomunicações ainda não acusou problemas na produção. Ou, pelo menos, a entidade setorial, a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), não foi oficialmente procurada por qualquer associado queixoso. Algumas empresas alegam que a greve poderá começar a afetar a …

Passadas três semanas de paralisação dos auditores fiscais, até o momento a indústria de telecomunicações ainda não acusou problemas na produção. Ou, pelo menos, a entidade setorial, a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), não foi oficialmente procurada por qualquer associado queixoso. Algumas empresas alegam que a greve poderá começar a afetar a produção se  ultrapassar mais de 30 ou 40 dias.  Isso porque,  informam alguns executivos, as empresas do setor, ao tomarem conhecimento do possível movimento de paralisação dos auditores da Receita Federal, anteciparam as suas encomendas e formaram estoques. Mas esses estoques  também têm um prazo para se esgotar.

(Da Redação)

Anterior GVT: cautela no processo de abertura de capital
Próximos Um consórcio para criar mensagens convergentes