Gradiente vai recorrer em processo da marca iPhone


A Justiça do Rio de Janeiro decidiu que a IGB Eletrônica, controladora da marca Gradiente, não tem mais exclusividade sobre a marca iPhone no país. A Gradiente já informou que vai recorrer da decisão de primeira instância do Tribunal Regional Federal da Segunda Região do Rio de Janeiro, no processo de iniciativa da Apple sobre o direito de uso da marca iPhone.

A Gradiente lembra que recente pronunciamento do INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) no processo, reforça a posição e os argumentos da empresa nacional. Além disso, o processo da IGB Eletrônica contra a Apple que corre na Justiça em São Paulo ainda não foi julgado.
 
Histórico
 
A Gradiente tem o direito de  produzir e comercializar seus aparelhos celulares com a marca iPhone porque a IGB Eletrônica S.A, companhia brasileira de capital aberto e que completará 50 anos de existência em 2014, é detentora exclusiva dos direitos de registro sobre a marca iPhone no país.
 
Em 2000, a Gradiente entrou com pedido de registro da marca iPhone no INPI. No dia 2 de janeiro de 2008, a companhia teve seu registro concedido pelo órgão federal e passou a deter os direitos exclusivos de produção e comercialização dessa marca até 2018.  (Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior Dilma bate duro na espionagem e defende governança democrática da internet
Próximos Paulo Bernardo diz que Vivo não poderá controlar a TIM