Governo vai forçar desligamento da TV analógica de Rio Verde após o dia 29 de novembro


O Ministro das Comunicações, André Figueiredo, que participa do IGF 2015, fórum da internet organizado pela ONU, afirmou que o governo já sabe que não será atingida em Rio Verde a meta de 93% das residências com TV aberta que estarão prontas para receber o sinal de TV digital no dia 29 de novembro, o dia D para o desligamento dos sinais analógicos. E o ministério decidiu que o processo de migração vai continuar na cidade por mais 60 dias, com intervenções diretas nos canais analógicos.

João Pessoa – O Ministro das Comunicações, André Figueiredo, que participa do IGF 2015, fórum da internet organizado pela ONU, afirmou que o governo já sabe que não será atingida em Rio Verde a meta de 93% das residências com TV aberta que estarão prontas para receber o sinal de TV digital no dia 29 de novembro, o dia D para o desligamento dos sinais analógicos.  A cidade goiana de Rio Verde foi a escolhida para ser a primeira a passar pelo processo de desligamento da TV analógica, que deverá ser concluí em 2018.

Mas o governo decidiu que o processo de migração vai continuar na cidade por mais 60 dias, com intervenções mais diretas nos canais de TV analógicos, para que o completo desligamento ocorra em dois meses.

Anterior Aberta consulta para alterar cronograma das pesquisas de qualidade no STFC e na TV Paga
Próximos No leilão de 2,5 Ghz preço mínimo varia de R$ 1 mil a R$ 19 mil. Na Grande SP, faixa em 1.800 MHz custará R$ 450 milhões