Governo quer incentivar uso de VoIP nos órgãos públicos


A Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI), do Ministério do Planejamento, realizou nesta segunda-feira (10) audiência pública com fornecedores de equipamentos telefônicos, gestores públicos e especialistas da área de Tecnologia da Informação para discutir propostas de criação de um documento que servirá de referência aos órgãos federais que pretendem adquirir Central Telefônica Híbrida. Este tipo de aparelho reúne tecnologias analógica, digital e Internet Protocol (IP) para gerenciamento e encaminhamento de ligações telefônicas, possibilitando a adoção do sistema de Voz sobre IP (VoIP), com redução de custos significativos para os órgãos públicos.

A consulta pública sobre as especificações técnicas continua aberta até sexta-feira (14). Depois disso, a SLTI analisará as contribuições para elaborar o termo de referência que poderá ser utilizada pelos órgãos públicos nas compras de centrais telefônicas.

Segundo a SLTI, atualmente há 144 pontos conectados à Infovia, dos quais 38 participam do serviço de voz, entre eles os Ministérios do Planejamento, Saúde, Educação e Previdência e a tendência é de mais órgãos sejam conectados brevemente. Essa adesão significa redução de gastos com chamadas telefônicas, padronização do serviço e mais segurança nas informações que trafegam nas redes. (Da redação)

Anterior Brasil desenvolve chip para facilitar acesso à banda larga na zona rural
Próximos Déficit comercial: equipamentos de telecom têm maior taxa de crescimento.