Governo organiza compra conjunta de SMS


Shutterstock/PureSolution
Shutterstock/PureSolution

O Ministério do Planejamento abriu consulta pública para definir o modelo de contratação do serviço de comunicação, via mensagens de texto por telefone celular, na administração pública federal. O objetivo é criar as condições mais vantajosas para compra conjunta de SMS por 57 órgãos, o que daria 255,6 milhões de mensagens por ano.

Segundo o ministério, o Short Message Service (SMS) ou serviço de mensagens curtas vem sendo amplamente utilizado na comunicação entre a administração pública e o cidadão. Uma das vantagens do serviço é a velocidade: as mensagens chegam ao cidadão muito mais rápido que um e-mail, por exemplo, que pode passar vários dias até ser lido.

A proposta do governo é de que a compra seja feita por meio do Sistema de Registro de Preço. “A escolha dessa modalidade deve simplificar os procedimentos de aquisição dos serviços pelos órgãos partícipes. Além disso, o modelo permite a adesão de outros órgãos à ata de registro de preço”, sustenta o ministério.

O termo de referência poderá receber contribuições até o dia 9 deste mês. No dia 4, será realizada uma audiência pública presencial na sede da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação, na SEPN 516 Bloco D Lote 8 sala 193, em Brasília.(Com assessoria de imprensa)

Anterior Indra faz empréstimo com BBVA usando blockchain
Próximos American Tower prepara o mercado para vender conectividade para aplicações IoT