Governo libera crédito para lançamento do satélite brasileiro


sgdc-visionaO Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão publicou hoje, 28, no Diário Oficial portaria na qual libera crédito suplementar para o pagamento do desenvolvimento e lançamento do satélite geoestacionário de defesa e comunicação estratégica (SGDC) brasileiro. O projeto é tocado pela Telebrás, que deverá receber R$ 291.108.354,00 para concluí-lo.

O SGDC deve ser lançado em janeiro 2017. O equipamento foi construído pela Thales Space, sob contrato com a Visiona, uma joint venture entre a Telebras e a Embraer. Ele será usado para comunicação de dados de Forças Armadas e também como apoio às políticas de banda larga no país. Sua construção teve início em 2014, com previsão de custos de R$ 1,7 bilhão.

O projeto prevê a transferência de tecnologia e a capacitação de técnicos de diversos órgãos do governo brasileiro. Um segundo satélite, totalmente construído no Brasil e com previsão de lançamento até 2020, também está no escopo original da iniciativa.

Anterior União Europeia quer que WhatsApp suspenda partilha de dados com Facebook
Próximos Fusão de empresas do grupo Telefónica faz papeis da subsidiária brasileira trocarem de mãos