Governo do Maranhão vai lançar edital para PPP da banda larga


O programa Navega Maranhão vai levar conexão de alta capacidade para o interior do estado, onde metade dos municípios não tem rede de fibra óptica e a densidade de banda larga está limitada a 20% dos domicílios, segundo dados da PNAD do IBGE.

NAVEGA-MARANHAO2

O governo do Maranhão pretende lançar, no início de 2018, licitação para parceria público-privada para levar infraestrutura de banda larga a todas as cinco regiões do interior do estado – inclusive as de fronteira. Essa seria uma forma a melhorar a arrecadação fiscal e combater a sonegação, que existe até por falta de conexão.

A ideia é que o processo de seleção não ultrapasse três meses. A implantação da fibra óptica de alta capacidade deve começar ainda no ano que vem. A infraestrutura vai acabar com o atual estado de exclusão de boa parte do interior do estado, onde metade dos municípios não está conectada por fibra, e a banda larga só atende 20% dos domicílios, segundo dados da Pesquisa Nacional de Amostragem por Domicílio (PNAD), do IBGE.

Leia a reportagem completa e veja mais detalhes no PontoISP.

Anterior Crise da Oi: disputa entre bondholders e controlador permanece
Próximos Justiça nega pedido de minoritários em disputa com a Telebras

1 Comment

  1. 6 de novembro de 2017

    Regioes limítrofes estaduais sao “divisas” e nao “fronteiras”.