Governo de SP vai financiar migração de rádios AM para FM


O governo de São Paulo anunciou ontem, 3, a criação de linha de crédito dentro da agência estadual de crédito DesenvolveSP para beneficiar emissoras de rádio e TV no estado. O plano é conceder financiamentos de até R$ 30 milhões com juros de 2% a 4% ao ano mais a Selic. As rádios terão 30 meses de carência e 120 meses para quitar a dívida. O dinheiro poderá ser usado na migração da outorga de AM para FM. Há no estado cerca de 400 emissoras.

Diz o governo que as rádios poderão financiar projetos de investimento, compra de máquinas e equipamentos e geração de energias renováveis. A taxa de conversão das rádios de AM para FM também poderá ser quitada com o valor obtido na Desenvolve SP. A Agência financiará também a aquisição de placas solares para que as emissoras possam gerar sua própria energia.

São duas linhas de crédito: a Linha Financiamento ao Investimento Paulista (FIP) que terá taxa de juros a partir de 4% ao ano (+ Selic); e a Linha Economia Verde (LEV), com taxa de juros a partir de 2% ao ano (+ Selic). Podem solicitar financiamentos emissoras de rádio e TV com faturamento anual entre R$ 81 mil e R$ 300 milhões, instaladas no estado, e que estejam regulares tanto no âmbito fiscal quanto no de crédito. Os interessados devem apresentar um Projeto de Investimento detalhado.

Anterior TIM reformula ofertas de roaming internacional nos planos pós-pago e corporativo
Próximos Orçamento do TSE ameaça reduzir compras de urnas eletrônicas

1 Comment

  1. Marcos Sérgio Lemes
    12 de julho de 2019

    Certamente às grandes emissoras de rádio, não encontrarão obstáculos na mudança do AM para o FM, até porque boa parte delas já tem suas correspondentes em FM. Mas e quanto às pequenas, como por exemplo a Cumbica de Guarulhos?