SP usará app para economizar com transporte de funcionários públicos


governo-sp-carros

O governo de São Paulo também decidiu aderir ao modelo praticado pelo governo federal para economizar com o transporte de funcionários públicos. Foi lançado, nesta terça-feira, 26, um edital para contratar um aplicativo de caronas. A medida vem acompanhada de decreto que obriga redução de 25% da frota de automóveis do estado. A economia total esperada com uso do app e a redução da frota é de R$ 57 milhões ao ano.

A frota do Estado será reduzida de 7.375 para 5.509 veículos de serviço à disposição da Administração Estadual. Os veículos retirados do serviço serão leiloados. Não estão incluídas viaturas policiais, ambulâncias, nem outros carros usados para transporte ou atendimento da população, garante o governo estadual.

Aplicativo

A contratação de aplicativos será para atender as Secretarias de Governo, Planejamento e Gestão, Fazenda e Casa Civil. As demais Secretarias terão prazo de 60 dias para se adequar ao novo modelo. Ficarão fora as agências reguladoras, as empresas estatais não dependentes, as universidades e a Fapesp.

Serão dois contratos, um para deslocamentos na cidade de São Paulo e outro na Região Metropolitana de São Paulo, podendo ser a mesma empresa vencedora dos dois. Este modelo de contratação se fez necessário em razão das regulamentações do setor serem diferentes nos municípios. Estima-se uma rodagem de 438,6 mil km por ano na capital e de 77,4 mil km por ano na RMSP.

Vencerão as empresas que apresentarem, por meio de pregão eletrônico, o menor preço unitário por quilômetro rodado. Estima-se que a prestação de tais serviços, quando a alternativa for expandida para toda a administração, custe R$ 7,5 milhões anualmente. O edital será publicado amanhã, 27, no Diário Oficial do Estado. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Softex mantida à frente da gestão do Start-Up Brasil
Próximos Empresas de internet provocaram perdas milionárias às teles europeias