Governo de São Paulo contrata 25 mil acessos móveis


O governo do estado de São Paulo realizou um pregão presencial para contratar serviço de telefonia móvel local e de longa distância, e pacotes de dados e roaming internacional. A TIM apresentou a melhor oferta mas o contrato para a ata de registro de preços ainda não foi assinado, porque a Claro entrou com um mandado de segurança no Tribunal de Justiça de São Paulo e obteve liminar. A operadora questiona documentação apresentada pela TIM e a Secretaria de Gestão, informada da liminar na última sexta-feira, tem dez dias para responder.

A licitação, para a contratação de 25 mil acessos móveis, foi disputada também pela Vivo. A ata de registro tem validade de um ano e pode ser prorrogada por mais um ano, de acordo com a Lei 8.666. Para um contrato de dois anos, a TIM estima o valor em R$ 36 milhões, o que seria, segundo a operadora, o maior contrato de telefonia móvel assinado neste ano.

Pelo processo, a TIM deverá fornecer também 25 mil aparelhos celulares, dos quais cinco mil smartphones, com internet 3G ilimitada. Os demais 20 mil são celulares básicos. O volume de dados e o serviço de voz também são ilimitados.

Anterior Anatel confirma prorrogação da consulta pública do PGMU
Próximos Preferência por compra de produto nacional pela Telebrás é criticada