Governo da Bahia instala Conselho de Comunicação


Os 27 representantes do Conselho de Comunicação Social da Bahia tomaram posse nesta terça-feira (10) com o objetivo planejar e elaborar políticas públicas voltadas para a comunicação no estado. De caráter consultivo e deliberativo, o órgão é presidido pelo secretário de Comunicação Social do governo do estado, Robinson Almeida.

O governador Jaques Wagner afirmou que o conselho foi criado a partir da Conferência Estadual de Comunicação. “A sociedade civil elegeu os seus membros que hoje estamos aqui dando posse àqueles que representam entidades e profissionais da área. Entendo que comunicação e informação são elementos fundamentais de uma verdadeira democracia amadurecida, como é a do Brasil”.

O governador citou a atuação parlamentar do senador Walter Pinheiro (PT-BA), que foi um dos autores da nova legislação da TV por assinatura, foi relator do Projeto da Lei do Acesso à Informação e batalhou pela aprovação da Comissão da Verdade no Congresso Nacional, ações que segundo Wagner ampliam o ambiente democrático brasileiro.

Wagner garantiu que o conselho não tem função de atuar no controle dos meios de comunicação. “A liberdade de imprensa é garantida no texto constitucional. O que a gente fez foi regulamentar o artigo 277 da Constituição baiana, que prevê essa interação e o direito à informação da sociedade”.

Identidade cultural

Robinson Almeida disse que o conselho é o espaço que os movimentos sociais, os empresários e o governo têm para discutir os problemas de comunicação na Bahia. “Vamos pautar o debate do fortalecimento do mercado de comunicação para que seja possível gerar mais empregos e apresentar conteúdos regionais, preservando a nossa identidade cultural”.

Os representantes da sociedade civil que vão compor o conselho – sete do poder público e 20 da sociedade civil – foram eleitos no dia 25 de novembro. Segundo o governador baiano, este é o primeiro conselho de comunicação do país.(Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior Telefónica lança serviço no México que permite 2 linhas no mesmo aparelho
Próximos Anatel abre chamamento para entidades interessadas em medir a banda larga