Governo cobra adequação da loja da Apple ao decreto de comércio eletrônico


A Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça (Senacon) notificou, nesta quarta-feira (27) a Apple sobre o funcionamento da sua loja virtual, iTunes Store.  O objetivo é saber se a empresa está adequada ao decreto nº 7.962/2013, que protege o consumidor no comércio eletrônico.

O MJ questiona a empresa sobre a apresentação dos preços em moeda corrente nacional e o oferecimento de informações ao consumidor sobre as condições do contrato, entre outras questões previstas no decreto e no Código de Defesa do Consumidor.

A empresa terá dez dias para fornecer as respostas solicitadas, a contar do recebimento da notificação. Caso não responda, poderá ser sancionada, até com multa no valor acima de R$ 6 milhões.(Da redação)

Anterior Comissão aprova R$ 500 mi em emendas para áreas ligadas a tecnologia
Próximos Tribunal de Justiça de São Paulo inaugura data center