Governo aguarda desfecho das negociações entre a PT e Telefónica


O governo de Portugal vai manter a sua oposição à venda da participação da PT na Vivo, caso a Telefónica não altere a sua oferta, informou nesta sexta-feira o ministro Pedro Silva Pereira, da Presidência. “A posição do governo é conhecida. Pronunciou-se contra (a venda da Vivo), e se a proposta não se alterar, mantém-se contra”, afirmou Pereira, no final da reunião do Conselho de Ministros.

O governante, que respondia às questões dos jornalistas, garantiu que o negócio entre a PT e a Telefónica não foi discutido hoje no Conselho de Ministros. “O melhor a fazer é aguardar pelo desenvolvimento do processo”, afirmou. Segundo ele, não há um envolvimento direto do governo nas negociações. “É uma missão da administração da PT representar os seus acionistas e zelar pelos seus interesses, e isso certamente será feito”, acrescentou.

O conselho de administração da Portugal Telecom (PT) está reunido para discutir a proposta feita pela Telefónica para ficar com a fatia que a empresa portuguesa detém na Vivo. A oferta de 7,15 bilhões de euros encerra-se hoje. (Da redação, com agências internacionais)

Anterior Possível redução da VU-M aumenta pressão sobre a PT
Próximos Google lucra US$ 1,8 bi no trimestre