Google prepara sistema operacional para internet das coisas


m2mA gigante digital Google está desenvolvendo um sistema operacional para equipar dispositivos que se conectam à internet das coisas (IoT, na sigla em inglês). O software já teria até nome: Brillo. Nesta semana, outra multinacional, a Huawei, anunciou um sistema operacional superleve para equipar as coisas que entrarão na web nos próximos anos.

Aparentemente as empresas estão tomando direções diferentes no desenvolvimento. Enquanto o sistema da companhia chinesa teria 10 Kbytes de peso, apenas, o Brillo, da Google, exigiria hardware com 32 Mb a 64 Mb de memória RAM – muito pouco comparado aos computadores e celulares atuais, mas muito mais que a provável exigência do programa da Huawei. Segundo a Fortune, não há ainda previsão de lançamento do sistema. O anúncio oficial da empresa deve acontecer na próxima semana.

Embora incipiente, o mercado de sistemas para IoT tem muitos concorrentes. A fabricante do iPhone anunciou no ano passado o Homekit, sistema para conexão de dispositivos IoT ao iOS, seu sistema operacional. E deve lança-lo em junho deste ano, juntamente como uma atualização do iOS. IBMBlackberry e Samsung, que desenvolve o ARTIK, também apostam no desenvolvimento do IoT. (Com agências internacionais)

Anterior Sepin enquadra software de billing no Certics
Próximos Setor de telecom arrecada 55% menos impostos