Google fatura US$ 18,1 bilhões no último trimestre


O Google divulgou ontem à noite (29) os resultados para os meses de outubro a dezembro de 2014. No período, a receita cresceu 15%, chegando a US$ 18,1 bilhões. A empresa também ampliou o lucro, que passou a US$ 4,7 bilhões, alta de 41%. A razão foi a inclusão do valor pago pela Lenovo para adquirir a Motorola Mobility. O negócio acrescentou US$ 740 milhões ao caixa.

Do faturado, US$ 15,7 bilhões vieram da publicidade – 90% de toda a receita da empresa. Mas o custo por click caiu 3% em relação ao quarto trimestre de 2013, indício de que está mais difícil para o Google obter cliques nos desktops.

A empresa afirmou, também, que pagou US$ 2,66 bilhões a pessoas físicas e jurídicas que usam o sistema de publicidade AdSense, e mais US$ 968 milhões a sites parceiros que distribuem o Chrome ou executam a ferramenta de busca da companhia.

O Google não detalhou o desempenho da sua loja de aplicativos para telefones celulares Android, a Play Store. A loja está incluída no item ‘outras fontes de receita’, que registrou US$ 1,95 bilhão no trimestre, 6% mais que um ano antes.

Os Estados Unidos continuam sendo o principal mercado para a empresa. Lá, a receita foi de US$ 7,8 bilhões. Depois vem o Reino Unido, com faturamento de US$ 1,6 bilhões. O resto do mundo soma US$ 8,5 bilhões.

Relatório anual
O resultado de todos os trimestres de 2014 foi positivo. A empresa faturou US$ 66 bilhões, 19% mais que em 2013. O lucro cresceu 11%, ficando em US$ 14,4 bilhões. A receita com publicidade nos 12 meses foi de US$ 45 bilhões, alta de 16%. Outras fontes de faturamento, onde entram as lojas de aplicativos, livros, e venda de hardware licenciado (com os telefones e tablets Nexus) significaram US$ 6,9 bilhões, ou 40% mais que em 2013.

 

Anterior Anatel dá licença para Assembleia de Deus ser operadora de celular virtual na rede da Vivo
Próximos Rezende muda superintendente de Outorga e Frequência