Google+ e Facebook prosseguem duelo nas redes sociais


O Google+ anunciou que está entrando na área de jogos, com 16 títulos desenvolvidos por teiceiros. O Facebook, por sua vez, comunicou uma série de melhorias em sua plataforma, que facilitam a vida do jogador. A entrada dos jogos no Google+ será progressiva, e eles serão abertos em uma área independente a partir de um …

O Google+ anunciou que está entrando na área de jogos, com 16 títulos desenvolvidos por teiceiros. O Facebook, por sua vez, comunicou uma série de melhorias em sua plataforma, que facilitam a vida do jogador. A entrada dos jogos no Google+ será progressiva, e eles serão abertos em uma área independente a partir de um botão na página de entrada.

Entre as novidades anunciadas pelo Facebook em sua plataforma estão, por exemplo, uma expansão da notificação sobre que amigos estão jogando em um momento determinado; e o controle pelo jogador, em suas configurações, sobre quem pode ver as histórias para cada aplicativo individual. As funcionalidades atendem às reivindicações dos usuários de jogos.

No Facebook, calcula-se que 200 milhões de membros acessem os jogos a cada mês. A companhia cobra 30% de comissão sobre as compras virtuais que eles realizam – embora os jogos sejam gratuitos, o jogador pode adquirir complementos ou elementos que permitam avançar em direção a novas etapas. (Da Redação, com noticiário internacional).

Anterior Câmara e Senado debatem conjuntamente MP dos tablets
Próximos NET e Anatel são processadas no Rio por cobrança de ponto extra