rcs-google-vivo-oi-claro

O Google, em parceria com Claro, Oi e Vivo, lançam “ainda este ano”, no Brasil, o padrão RCS de mensagens trocadas via celular. Esse tipo de mensagem substitui o SMS, acrescentando características multimídia e de interatividade. O padrão foi desenvolvido pela Associação Mundial das Operadoras Móveis (GSMA), mas passou a ser impulsionado no mundo pela gigante digital no ano passado.

O acordo prevê uso do RCS não apenas no Brasil pelas operadoras, mas em todo a América Latina. No México, a AT&T também foi incluída. O serviço será operado pela nuvem Jibe RCS, do Google, e será interoperável entre as redes – ou seja, um assinante Vivo poderá trocar uma mensagem RCS com um da Oi ou da Claro.

Para usar é preciso ter um smartphone com Android como sistema operacional. O RCS é transmitido através do app Android Mensagens, que também pode ser baixado gratuitamente na loja de apps do Google. As empresas apostam no uso do RCS por empresas. Como exemplo, dizem que empresas aéreas poderão enviar informações de passagens, fazer check-in de passageiros ou mesmo enviar o cartão de embarque ao celular dos clientes, através da interação pelas mensagens.

Além da América Latina, o acordo com a América Móvil (Claro) e a Telefônica também lançarão o padrão de mensagens RCS nos mercados europeus. No velho continente, Deutsche Telekom (Alemanha), Orange (França), Telenor (Noruega) e Vodafone (Inglaterra) também adotaram o padrão. (Com assessoria de imprensa)